Futebol Feminino

 

 

   Clubes

 

terça, 02 maio 2017 21:54

A história de Dybala o gladiador, a jóia, o futuro da Argentina! Destaque

Escrito por
Classifique este item
(0 votos)

Este pode ser o ano de consagração de Paulo Dybala, argentino da Juventus, quem o diz é o jornal inglês The Guardian, que publicou uma peça sobre o jogador da Vecchia Signora, antes das meias-finais da Liga dos Campeões, destas terça-feira e quarta-feira.



O jogador é visto como a próxima grande esperança da Argentina, que almeja mais um troféu internacional que tem iludido a geração de Messi, Aguero e Higuaín, uma geração preste a virar o marco dos 30 anos.

Conhecido como la joya na Argentina, Dybala que já conta com 23 anos, é visto como o porta-estandarte da próxima geração albiceleste, todavia, as suas meras seis internalizações mostram que a Argentina teima em não mudar.

Para o The Guardian é apenas uma questão e tempo até Dybala se tornar a peça chave da Argentina: o jornal acredita que por volta de 2020 Dybala será o coração da seleção sul-americana.

Mas, onde começa a história do jogador que marcou 2 golos ao Barcelona, nos quartos de final da Liga dos Campeões, que se sagrou campeão pela Juventus em conjunto com Paul Pogba em 2016 e que o The Guardian chama de «a faísca» da Juventus?

Começa com o avô de Dybala, Boleslaw, um polaco que foi enviado para campos de trabalho forçado na Alemanha, durante a Segunda Guerra Mundial e, que no fim, foi para a Argentina à procura de uma melhor vida.

Foi graças ao sangue do avô que Dybala conseguiu pôr o primeiro pé na Europa: concorrendo a um passaporte polaco, a burocracia tornou-se complicada de mais, porém, o sangue italiano da mãe assegurou que o jogador poderia ir para Itália quando quisesse.

Antes disso, Dybala tornou-se a la joya do Instituto de Córdoba, clube argentino onde se formou. Para Gustavo Gotti, colega de Dybala nesses anos, o valor de Dybala era muito diferente do que a maioria das outras esperanças argentinas:

«Na Argentina, todos pensam que é preciso fintar 10 e marcar para ser um bom talento, Dybala não era assim. Jogava simples, certo e limpo, visionava sempre o passe perfeito e cortava as defesas. Os passes e os remates de longe eram o seu talento.»

Estas capacidades desenvolveram Dybala e em 2012, durante o torneio Esperanza Alba, uma competição organizada pelo Colo Colo no Chile, foi puxado para a posição de um avançado falso, navegando entre médio ofensivo e um avançado e foi aí que nasceu la joya.

Ao início não gostou, acreditando fazer parte da longa linha da camisola 10 da seleção, porém, as suas exibições e reconhecimento nesse torneio foram tão grandes que nunca mais abandonou a posição.

Dybala tornou-se assim, não o «próximo Messi», comparação inevitável, mas o «próximo Aguero», como Diego Fórlan o apelida.

Para o The Guardian a comparação de Fórlan é mais correta, porém, os dois jogadores são diferentes: Aguero tem um instinto matador, Dybala tem a inteligência e fluidez de movimentos, contudo são ambos gladiadores: jogadores que batalham incansavelmente no último terço á procura de puxar a equipa para a vitória.

A próxima arena será as meias finais da liga dos Campeões, onde encontra o Mónaco de Leonardo Jardim, Dybala surge como a la joya da Juventus, o coração da equipa, o gladiador que abre o caminho para a baliza oponente.

Caso vença este novo duelo, o The Guardian acredita que a Argentina deverá repensar a sua fome de troféus e adaptar a sua tática a Dybala. Até lá, resta ao gladiador vestir a máscara e «consagrar-se na arena europeia:»

Ler 172 vezes

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

cpr certification online
cpr certification onlinecpr certification online

Onde Ficar em Lisboa?

As Nossas Publicações

 

 

 

 


 

Venha Colaborar envie os 

seus artigos.

Seleccione Area de Desporto

(Score More) 


ESPAÇO DOS ADEPTOS

SS Lázio   

CDE - Clube Desportivo Estrela

 

Login

We use cookies to improve our website and your experience when using it. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. To find out more about the cookies we use and how to delete them, see our privacy policy.

  I accept cookies from this site.
EU Cookie Directive Module Information