sexta, 13 janeiro 2017 17:25

Entenda os Desafios de um Director de Futebol Destaque

Escrito por
Classifique este item
(0 votos)

A arte de administrar é de grande importância em vários sectores da sociedade, seja na gestão de empresas, sectores e órgão públicos, de uma cidade ou até mesmo de uma nação. Deste modo, diferente não poderia ser com o futebol. Os clubes contam com o papel do director de futebol para manter tudo na perfeita ordem e alcançar os objectivos pretendidos. Contudo, a tarefa não é nada fácil. O director de futebol, além de cuidar de toda parte administrativa é responsável por tomar decisões estratégicas, firmar parcerias, relacionar-se com patrocinadores, acompanhar os progressos da equipa, analisar o desempenho dos atletas e tomar decisões que são importantíssimas para todo o clube.

INFLUÊNCIA FORA DE CAMPO

Um bom líder precisa saber tomar decisões com determinação, ter pulso firme, envolver toda a equipa, ter iniciativa própria e deliberar com estratégia. Todos estes requisitos também são essências para o exercício do cargo de director de futebol. O director é responsável por manter um diálogo constante com o sector jurídico, estar inteirado sobre o orçamento e as finanças do clube, criar canais de relacionamento e comunicação com os adeptos, participar nas assembleias e prestar contas aos investidores e patrocinadores.

As atribuições parecem ser intermináveis, contudo os adeptos e a sociedade de um modo geral precisam compreender melhor o papel do director de futebol, que carrega grande peso e responsabilidade em suas decisões. Contudo, todas estas funções exercidas pelo director são meramente administrativas, não causando tanta influência dentro de campo. A gestão administrativa serve para dar suporte financeiro, zelar pela imagem do clube e assegurar que tudo funcione dentro da perfeita ordem.

Mas, vamos ver o outro lado da moeda…

 

INFLUÊNCIA DENTRO DE CAMPO

O director também toma decisões que influenciam directamente no desempenho da equipa dentro de campo. Ele é responsável por seleccionar, opinar e sugerir a contratação de jogadores e técnicos de futebol, bem como dispensar jogadores e técnicos que não apresentem resultados satisfatórios, tudo dentro do que estiver estabelecido contratualmente.

Enquanto o técnico é o cérebro dentro de campo, o director é o estratega fora de campo, que sempre está preocupado com o desempenho da equipa, os campeonatos e títulos envolvidos. Mas, esse trabalho não é nada fácil. Existem diversos desafios e informações para administrar. São vários jogadores, uns entram, outros saem e outros retornam. Cada técnico propõe um treino diferente, o que também influencia directamente o aproveitamento dos atletas. Diante de tantos desafios, como pode o director gerir todas estas informações e tomar decisões que possam trazer resultados efectivos para o clube. Entre as muitas tarefas este profissional tem que lidar com todas as informações a respeito dos jogadores. Acompanhar resultados médicos, prescrição do nutricionista, dados da comissão técnica, avaliações físicas e muitas outras informações.

É complexo mas apaixonante esta tarefa de gerir uma equipa de futebol.

Ler 466 vezes Modificado em sexta, 13 janeiro 2017 19:29

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

cpr certification online
cpr certification onlinecpr certification online

Login

We use cookies to improve our website and your experience when using it. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. To find out more about the cookies we use and how to delete them, see our privacy policy.

  I accept cookies from this site.
EU Cookie Directive Module Information