domingo, 22 outubro 2017 21:35

Um passeio em Alvalade fechado a cinco ‘Chaves’

Escrito por NOTÍCIAS AO MINUTO
Classifique este item
(0 votos)

É caso para dizer: O Sporting recebeu, viu, venceu e… convenceu diante do Desportivo de Chaves. O ditado diz-nos que fechamos as coisas a ‘sete chaves’, mas neste caso, este domingo, os leões fecharam este triunfo com cinco. 5-1 no estádio de Alvalade foi o resultado final.

Correu tudo bem ao Sporting no primeiro tempo. Com Podence a titular e Battaglia no banco de suplentes, os verde e brancos entraram praticamente a vencer com um tento de um ‘velho conhecido’ dos golos. Bas Dost, logo aos seis minutos, voltou a marcar e colocou o Sporting em vantagem, depois de um excelente cabeceamento. O holandês já não marcava desde a 5.ª jornada, que é o mesmo que dizer, desde dia 8 de setembro.

Os comandados de Jesus não retiraram o pé do acelerador e, perante um Chaves quase inexistente ofensivamente, o segundo golo surgiu naturalmente. Bas Dost tomou-lhe o gosto e deu o melhor seguimento a um cruzamento de Podence. Estava feito o 2-0.

E o terceiro só não chegou mais cedo porque o árbitro da partida, Rui Costa, depois de consultar o vídeo-árbitro, decidiu não marcar grande penalidade quando Gelson caiu na área. Mas, ainda na 1.ª parte, acabou por chegar o terceiro golo do clube de Alvalade...

Rui Patrício era um mero espectador

A equipa de Luís Castro estava a ser presa fácil para o leão e, numa excelente jogada coletiva, Acuña estreou-se a marcar na I Liga. Gelson não quis ser egoísta e deixou o esférico nos pés do argentino, que só teve de encostar.

Na segunda parte, virou o disco, mas tocou o mesmo… o Sporting ia continuando a exercer a sua pressão ofensiva e o Chaves pouco ou nada fez. O ‘passeio’ dos leões continuou e, tal como Bas Dost, também Acuña bisou na partida.

Piccini começou a ‘furar’ a defensiva da formação transmontana, passou para Bas Dost, que rodopiou e deixou a bola para o argentino. Acuña deu balanço à sua perna esquerda e a bola só parou no fundo das redes de Ricardo.

Um regresso em grande, do gigante holandês

Até final, a toada manteve-se e os leões não ficaram por aqui no que diz respeito a golos. Bas Dost não estava satisfeito com o jejum pelo qual passou e decidiu fazer o hat-trick. Mas antes do apito final de Rui Costa, ainda houve tempo para o tento de honra do Chaves. Davidson, aos 90 minutos, marcou mas pouco adiantou para a formação de Luís Castro.

Com este resultado, o Sporting soma agora 23 pontos e continua no 2.º lugar, a dois de distância para o líder do campeonato, o FC Porto. Quanto ao Chaves continua com os mesmos oito pontos e arrisca-se a descer na classificação – neste momento está em 14.º – caso o Moreirense ou o Portimonense vençam os respetivos jogos da 9.ª jornada.

_________________________________________________________________________________________________

onzes oficiais!

Sporting: Rui Patrício; Piccini, Coates, Mathieu e Coentrão; Gelson, William, Bruno Fernandes e Acuña; Podence e Bas dost.

Chaves: Ricardo; Paulinho, Anderson, Maras e Djavan; Tiba, Jefferson e Bressan; Perdigão, Platiny e Davidson.

Ler 195 vezes

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

cpr certification online
cpr certification onlinecpr certification online

Login

We use cookies to improve our website and your experience when using it. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. To find out more about the cookies we use and how to delete them, see our privacy policy.

  I accept cookies from this site.
EU Cookie Directive Module Information