Languages

 

  

 

                           Futebol Feminino

      

 

 

 

   Clubes

 

sábado, 03 junho 2017 22:52

"Nos primeiros 20 minutos, gostei pouco", admite Fernando Santos Destaque

Escrito por
Classifique este item
(0 votos)

Moutinho diz que treinou livres directos na véspera e que o vento ajudou. Pizzi dizia-se muito feliz e Nani, o capitão esta tarde, não quer saber se tem ou não braçadeira no braço, importante é jogar.

"Nos primeiros 20 minutos, gostei pouco", admitiu o selecionador português. "Apesar do golo, os primeiros 20-25 minutos deixámo-nos pressionar pelo Chipre, tivemos dificuldade na circulação da bola, estávamos muito lentos na circulação, usámos muito o pontapé na frente, a favor do vento, o que era praticamente impraticável."

Fernando Santos reconheceu que na segunda parte a equipa esteve melhor e deixou um alerta. "A partir daí alterámos e pusemos mais a bola no chão, pelas laterais, criámos três ou quatro situações de golo e aí passámos a dominar o jogo. Na segunda parte a equipa esteve melhor, circulou mais rápido e não se deixou pressionar, fomos mais rápidos, e a partir daí o jogo tornou-se mais fácil. Mas isto não é o jogo com a Letónia. Este jogo teve aquilo que eu esperava, que era dar ritmo aos jogadores. Isto não era um teste. Dar ritmo aos jogadores, e isso foi conseguido".

Já João Moutinho era um homem feliz com os golos. "Não há segredo, treinámos os livres diretos ontem, e felizmente hoje consegui acertar na baliza, com a ajuda do vento. Consegui por a bola onde queria. Fiz dois golos, ajudei a equipa e isso é o mais importante", admitiu.

"É sempre bom ganhar, frente a uma equipa difícil, num estádio onde estava muito vento, o que nos dificultou um pouco, mas conseguimos sair daqui com uma vitória e com moral para o próximo jogo com a Letónia, esse sim o mais importante".

Pizzi, médio do Benfica, também molhou a sopa. "O que esperava era poder ajudar mais uma vez Portugal a conquistar mais uma vitória. Foi o que conseguimos todos, uma boa vitória e um jogo de preparação para o que aí vem. Muito feliz por ter conseguido marcar o golo, mas sobretudo por ter ajudado a equipa a agarrar os três pontos."

E continuou: "Vou trabalhar todos os dias para poder ser útil nesta seleção. Temos uma grande equipa com excelentes jogadores, com muita qualidade. A competitividade entre todos será enorme, e estaremos aqui todos para servir a seleção da melhor maneira.

Nani, o capitão português esta tarde, também comentou o Portugal-Chipre. "A mim não me faz diferença jogar com ou sem a braçadeira. É uma grande responsabilidade, mas para mim entrando em campo é igual. Foi um bom jogo para nós, o mais importante era prepararmo-nos bem e ganhar, era o mais importante. Dá-nos confiança para os próximos jogos, que são os mais importantes," afirmou.

E rematou: "Sinto-me bem, acabei muito bem a época. Agora é dar seguimento ao trabalho para cada dia sentir-me melhor e mais apto para corresponder às oportunidades que me possam dar".

Ler 118 vezes Modificado em sábado, 03 junho 2017 22:54

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

cpr certification online
cpr certification onlinecpr certification online

As Nossas Publicações

 

 

 

 


 

Venha Colaborar envie os 

seus artigos.

Seleccione Area de Desporto

(Score More) 


ESPAÇO DOS ADEPTOS

SS Lázio   

CDE - Clube Desportivo Estrela

 

Login

We use cookies to improve our website and your experience when using it. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. To find out more about the cookies we use and how to delete them, see our privacy policy.

  I accept cookies from this site.
EU Cookie Directive Module Information