Suíça 3-1 Turquia e espera para saber se passa aos “oitavos”

Xherdan Shaqiri foi a estrela da Suíça num jogo com quatro grandes golos, em que Haris Seferovic também marcou para os helvéticos e em que Steven Zuber logrou três assistências, contribuindo decisivamente para um triunfo por 3-1 que eliminou a Turquia e que mantém aceso o sonho suíço de seguir em frente como um dos melhores terceiros classificados.

A Turquia até entrou melhor no jogo em Baku, mas viu-se em desvantagem no primeiro lance de ataque da Suíça, aos seis minutos. A bola chegou aos pés de Seferović à entrada da área e o avançado do Benfica rematou rasteiro, por entre as pernas de Merih Demiral, com a bola a entrar junto ao poste.

As já vãs esperanças da Turquia ficaram ainda mais ténues aos 26, quando Shaqiri, autor do melhor golo do EURO 2016, fez o 2-0 com mais um grande golo, num remate forte e colocado. Na outra baliza, o guarda-redes helvético, Yann Sommer, ia mantendo a Turquia a zeros.

Até que, já na segunda parte, nada conseguiu fazer para impedir que İrfan Can Kahveci marcasse mesmo e reduzisse para 2-1, com um grande remate. Só que Shaqiri iria voltar a marcar, na terceira assistência de Steven Zuber no jogo.

Houve ainda tempo para Granit Xhaka rematar ao poste, de livre, mas a Suíça precisava de mais dois golos para ultrapassar o País de Gales no segundo lugar. Não os conseguiu, e tem de se contentar com o terceiro posto. Agora, aguarda pelo desfecho dos restantes grupos para saber se segue em frente.

Estrela do Jogo: Xherdan Shaqiri (Suíça)

“Dois excelentes golos, vários passes a rasgar a defesa contrária e muitos cruzamentos; exibiu um futebol de grande inteligência e trabalhou muito para a equipa.”
Willi Ruttensteiner, Observador Técnico da UEFA

Reacções

Vladimir Petković, seleccionador da Suíça: “Estou muito satisfeito. A minha equipa fez o que precisava de fazer. Penso que realizámos uma boa exibição no conjunto dos 90 minutos. O nosso objectivo continua a ser estar nos oitavos-de-final. Claro que estamos um pouco desiludidos por termos terminado no terceiro lugar do grupo, mas sabíamos o que tínhamos de fazer esta noite e fizemos. Vamos esperar para ver…”

Xherdan Shaqiri, médio da Suíça: “O primeiro golo foi muito bom, com o meu pé mais fraco. Claro que fiquei muito feliz por marcar por duas vezes. Estou muito feliz com a minha exibição e por ter ajudado a equipa. Fizemos o que tínhamos de fazer contra uma boa equipa. Agora resta-nos esperar para ver o que acontece.”

Şenol Güneş, seleccionador da Turquia: “Tínhamos consciência de que não éramos suficientemente bons. O jogo inaugural teve um efeito muito negativo nos meus jogadores. São coisas que acontecem. Mas estes jogadores vão ter oportunidade de representar a Turquia por muitos anos e irão certamente ter sucesso no futuro.”

Burak Yilmaz, avançado da Turquia: “Não soubemos lidar com o peso de jogar um torneio tão importante, há que o admitir. Apurámo-nos para o EURO, Estamos muito bem na qualificação para o Mundial, mas temos de aprender a lidar com a pressão das fases finais. Há lições que temos de aprender.”

Principais estatísticas

  • A Suíça continua com possibilidades de seguir para a fase a eliminar. Será a segunda vez que ultrapassa a fase de grupos, depois de 2016.
  • Zuber tornou-se apenas no segundo jogador a conseguir três assistências num só jogo do EURO, depois do turco Hamit Altıntop em 2008.
  • Shaqiri marcou em todos os últimos quatro grandes torneios de selecções.
  • Shaqiri leva agora três golos em fases finais do EURO, igualando Hakan Yakin como melhor marcador suíço de sempre.
  • Esta foi apenas a segunda vez em que a Suíça marcou mais do que um golo em jogos de fases finais do EURO. A outra tinha sido frente a Portugal em 2008 (2-0).
  • A Turquia terminou a fase de grupos sem qualquer ponto pela segunda vez na sua História, depois de 1996.
  • Esta foi apenas a terceira vitória da Suíça em 16 jogos em fases finais do EURO.
  • A Turquia sofreu o primeiro golo do jogo em dez dos seus últimos 12 jogos em fases finais do EURO.

Equipa

Suíça: Sommer; Elvedi, Akanji, Rodríguez; Widmer (Mbabu 90+2), Freuler, Xhaka, Zuber (Benito 85); Shaqiri (Vargas 75); Embolo (Embolo 85), Seferović (Gavranović 75)

Turquia: Uğurcan Çakır; Zeki Çelik, Merih Demiral, Çağlar Söyüncü, Mert Müldür; Cengiz Ünder (Kenan Karaman 80), Ozan Tufan (Yusuf Yazıcı 64), Kaan Ayhan (Okay Yokuşlu 64), İrfan Can Kahveci (Orkun Kökçü 80), Hakan Çalhanoğlu (Dorukhan Toköz 86); Burak Yılmaz

 

Fonte: UEFA

Choice your Language

portugal ~ primeira liga livescore

Comments
All comments.
Comments