Euro2020: Macedónia do Norte 0-3 Países Baixos
Um golo de Memphis Depay e dois remates certeiros de Georginio Wijnaldum fizeram a diferença em Amesterdão

Um golo de Memphis Depay e dois remates certeiros de Georginio Wijnaldum fizeram a diferença no Grupo C, com a Macedónia do Norte e Goran Pandev a despedirem-se de cabeça erguida do UEFA EURO 2020.

O jogo em poucas palavras

Apesar de ambas as equipas terem o futuro definido, nenhum dos treinadores fez grandes alterações e o início do jogo foi animado. A Macedónia do Norte criou a primeira situação de golo, com Aleksandar Trajkovski a rematar com estrondo ao poste da baliza dos Países Baixos. A resposta da equipa de Frank de Boer foi letal, já que aos 24 minutos Donyell Malen e Memphis Depay, trocaram vários passes num contra-ataque e o reforço do Barcelona inaugurou o marcador.

Os Países Baixos aumentaram a vantagem aos seis minutos do segundo tempo, quando o suplente Steven Berghuis desmarcou Depay, que cruzou atrasado para uma emenda fácil de Georginio Wijnaldum. O 3-0 surgiu com naturalidade aos 58 minutos, com o guarda-redes Stole Dimitrievski a negar o golo a Depay, mas Wijnaldum marcou mesmo na recarga. Wout Weghorst entrou na equipa dos Países Baixos e um minuto depois rematou à trave, pouco antes de Goran Pandev ser substituído e se despedir da selecção da Macedónia do Norte

Melhor em Campo: Georginio Wijnaldum (Países Baixos)

“Foi um verdadeiro líder em campo, com e sem bola, e ainda marcou dois golos.”
Aitor Karanka, Observador Técnico da UEFA

Reacções

Frank de Boer, seleccionador dos Países Baixos: “Penso que tivemos alguns grandes momentos durante o jogo, mas também alguns maus. Na primeira parte fomos um pouco desleixados e ficámos expostos a contra-ataques. Mas no global acho que podemos estar muito optimistas para o que falta do torneio”.

Georginio Wijnaldum em declarações ao EURO2020.com: “É sempre bom ser eleito o melhor em campo, mas para ser sincero, o Frenkie ou o Memphis mereciam mais o prémio do que eu. Hoje eles foram incríveis”.

Igor Angelovski, seleccionador da Macedónia do Norte: “Foi uma honra orientar esta equipa num EURO. Queríamos ter feito melhor, mas não podemos ficar totalmente desiludidos pois era a nossa estreia numa grande competição. Resta-me agradecer aos jogadores pelo seu esforço”.

Principais estatísticas

  • Georginio Wijnaldum tornou-se o primeiro jogador dos Países Baixos a marcar três golos numa fase final do EURO desde Ruud van Nistelrooy (4) em 2004
  • Memphis Depay marcou nove golos nos últimos dez jogos pelos Países Baixos
  • Os Países Baixos marcaram 29 golos nos últimos dez encontros e apontou dois ou mais golos nos últimos nove desafios
  • Os Países Baixos são a selecção com mais golos marcados em fases finais do EURO: 46. Terminaram a fase de grupos só com vitórias, algo que já tinham conseguido no EURO 2000 e no EURO 2008
  • Esta é a 11ª vez que os Países Baixos marcaram três ou mais golos num jogo da fase final do EURO
  • Ryan Gravenberch (19 anos e 32 dias) tornou-se no terceiro holandês mais jovem a ser titular na fase final de uma grande competição, depois de Jetro Willems (18 anos e 71 dias em 2012) e Bertus de Harder (18 anos e 142 dias em 1938)
  • Os Países Baixos só ficaram em branco numa das últimas 17 partidas na fase de grupos de uma fase final do EURO
  • Os Países Baixos vão jogar em Budapeste nos oitavos-de-final, será a primeira visita à Hungria desde a vitória por 4-1 no Estádio Ferenc Puskás, a 11 de Setembro de 2012, na qualificação para o Campeonato do Mundo de 2014. Este resultado contribuiu para o registo total de 4V 1E 2D, todos os jogos frente à Hungria e todos em Budapeste.
  • A Macedónia do Norte perdeu os últimos três jogos, não sofria três desaires seguidos desde 2016
  • A equipa de Igor Angelovski não marcou pela segunda vez nos últimos 18 desafios.

Equipas

Macedónia do Norte: Dimitrievski; S Ristovski, Velkovski, Musliu, Alioski; Ademi (Nikolov 78); Bardi (Stojanovski 78), Tričkovski (Churlinov 56), Elmas; Trajkovski (Hasani 68), Pandev (Kostadinov 69)

Países Baixos: Stekelenburg; Dumfries (Berghuis 46), De Vrij (Timber 46), De Ligt, Blind, Van Aanholt; F. de Jong (Gakpo 79), Wijnaldum, Gravenberch; Depay (Weghorst 66), Malen (Promes 66)

Fonte: UEFA

Choice your Language

portugal ~ primeira liga livescore

Comments
All comments.
Comments