Euro2020: Portugal 2-2 França: Ronaldo leva Portugal aos “oitavos”

Cristiano Ronaldo marcou duas grandes penalidades – numa noite em que igualou um recorde histórico – na resposta aos dois golos de Karim Benzema e ajudou a garantir a passagem de Portugal aos oitavos-de-final.

O jogo em poucas palavras

A primeira jogada de perigo foi protagonizada por Kylian Mbappé aos 16 minutos, mas Rui Patrício respondeu com uma boa defesa. O árbitro assinalou grande penalidade para Portugal depois de uma falta de Hugo Llori sobre Danilo, Cristiano Ronaldo aproveitou para inaugurar o marcador à passagem da meia-hora. No último minuto da primeira parte, Mbappé caiu na área em luta com Nélson Semedo, Karim Benzema aproveitou nova grande penalidade para empatar o encontro.

Os franceses voltaram a marcar no primeiro minuto da segunda parte, Paul Pogba desmarcou Benzema, que bisou sem hipóteses para Rui Patrício. Na resposta Cristiano Ronaldo ficou perto de empatar com um cabeceamento sensacional. Antonio Mateu Lahoz assinalou a terceira grande penalidade do jogo aos 59 minutos, por mão de Jules Koundé na área. Ronaldo bisou na conversão e colocou o marcador em 2-2, igualando assim o recorde do iraniano Ali Daei de 109 golos por uma selecção. No minuto 68, Pogba rematou forte de longe, Patrício voou e defendeu para a trave, recuperando ainda a tempo de desviar a recarga de Antoine Griezmann e segurou o empate e a qualificação de Portugal.

Estrela do Jogo: Karim Benzema (França)

“Pelos dois primeiros golos que marcou no EURO e pela boa desmarcação na jogada do segundo.”
Corinne Diacre, Observadora Técnica da UEFA

Reacções

Fernando Santos, seleccionador de Portugal: “O que mais gostei foi o comportamento colectivo da equipa. Quando me perguntaram o que queria ver de diferente em relação ao jogo com a Alemanha, disse que gostava que fôssemos nós mesmos. E fomos. Fomos fortes, consistentes, e mostrámos um enorme espírito de equipa. E podemos melhorar ainda mais. Na segunda parte não começámos bem, mas soubemos reagir.”

Rúben Neves, médio de Portugal: “Somos os campeões da Europa. Sabíamos que podíamos fazer melhor. Uma vez mais, temos de agradecer aos adeptos. A atmosfera que eles criaram foi incrível aqui na Hungria. O mais importante, nesta fase, era seguir em frente. Foi difícil, mas passámos à fase a eliminar. Soubemos controlar o jogo”.

João Palhinha, médio de Portugal: “O jogo com a Alemanha serviu de lição para nós. A nossa equipa melhorou muito em relação a esse jogo. Defendemos de forma mais compacta, soubemos gerir melhor a bola e isso reflectiu-se no resultado. O treinador pediu-me para ser mais posicional e dar solidez ao meio campo, de forma a não dar espaço aos médios deles e a Griezmann.”

Didier Deschamps, seleccionador da França, em declarações à BeIN Sports: “Foi uma batalha muito dura. Oferecemos-lhes os dois golos com dois erros. Mas tentámos ganhar o jogo. Mesmo sem ganhar, terminámos na frente do grupo e era a posição que queríamos. Agora vamos desfrutar um pouco desse feito e recuperar para o que falta, pois a partir de agora será uma competição totalmente diferente.”

Karim Benzema, avançado da França, em declarações À TF1: “Nunca duvidei de mim, mas sabia que as expectativas do país em relação a mim eram altas. Consegui marcar e agora vou saborear este momento com os meus colegas.”

Principais estatísticas

  • Portugal perdeu apenas quatro dos 23 jogos na fase de grupos do EURO e nunca sofreu duas derrotas na fase de grupos na mesma campanha no EURO.
  • Portugal só não sofreu golos em dois dos últimos 11 jogos na fase de grupos da fase final do EURO.
  • Portugal marcou dois ou mais golos em seis dos últimos oito jogos na fase de grupos na fase final do EURO.
  • Cristiano Ronaldo é recordista de jogos disputados na fase final do EURO (24). É também o melhor marcador de sempre da competição com 45 golos (incluindo qualificação).
  • Ronaldo é também o melhor marcador em fases finais do EURO com 14 golos e marcou em cinco fases finais do EURO consecutivas.
  • Ronaldo marcou pela primeira vez à França.
  • Cristiano Ronaldo é o primeiro português a marcar nos três jogos da fase de grupos de um EURO
  • O primeiro golo de Karim Benzema neste jogo foi o primeiro que marcou na fase final de um EURO e o primeiro ao serviço de França desde Outubro de 2015.
  • Cristiano Ronaldo marcou 48 golos nos últimos 45 jogos por Portugal.
  • Cristiano Ronaldo marcou 109 golos em 178 internacionalizações por Portugal e igualou o recorde mundial de golos por selecções que pertencia ao iraniano Ali Daei.
  • Cristiano Ronaldo marcou um total de sete golos nos últimos quatro jogos de Portugal na fase de grupos da fase final do EURO.
  • A França perdeu apenas uma das últimas nove partidas da fase de grupos da fase final do EURO (4V 4E 1D).
  • A França perdeu apenas um dos últimos 10 desafios na fase final do EURO (6V 3E 1D), o único desaire foi com Portugal em 2016.
  • A França só não marcou em dois dos últimos 23 jogos internacionais.
  • A França não sofreu derrotas em 12 dos últimos 13 jogos com Portugal; a única mancha neste registro é a derrota na final do EURO 2016.

Equipas

Portugal: Rui Patrício; Nélson Semedo (Dalot 70), Rúben Dias, Pepe, Guerreiro; João Moutinho (Neves 72), Danilo (Palhinha 46), Renato Sanches (Oliveira 88); Bernardo Silva (Bruno Fernandes 72), Ronaldo, Diogo Jota

França: Lloris; Koundé, Varane, Kimpembe, Hernández (Digne 46, Rabiot 52); Pogba, Kanté; Tolisso (Coman 66), Griezmann (Sissoko 87), Mbappé; Benzema

Fonte: UEFA

Choice your Language

portugal ~ primeira liga livescore

Comments
All comments.
Comments