PLAY-OFFS DO CAMPEONATO DO MUNDO | Portugal 3 – Turquia 1

Portugal manteve vivas suas esperanças de chegar ao Campeonato do Mundo de 2022 ao derrotar a Turquia depois que os visitantes falharem um penalti no final da semifinal do play-off no Porto.

Golos na primeira parte de Otávio e Diogo Jota colocaram os anfitriões em controlo no Estádio do Dragão e pareciam estar a caminho da final do “play-off” antes de a Turquia responder.

Burak Yilmaz acertou no canto inferior a 25 minutos do final para finalizar de forma nervosa, mas depois atirou por cima do travessão de penalti.

Matheus Nunes marcou um terceiro para Portugal nos acréscimos para colocar o jogo além da Turquia.

A equipa de Fernando Santos, a quem foi negada a qualificação automática do grupo pela Sérvia, vai agora defrontar a Macedónia do Norte na terça-feira pela oportunidade de garantir um lugar no Qatar.

Sem dúvida, Portugal esperava encontrar a Itália à sua espera na final do “play-off”, mas o golo de Aleksandar Trajkovski nos descontos deu à Macedónia do Norte uma vitória surpreendente sobre os campeões europeus .

“Esses jogos são finais. Finais são sempre complicadas”, disse Santos, técnico de Portugal. “Ganhamos o primeiro e agora temos que vencer o segundo. É nisso que vamos focar.

“Este jogo acabou. Agora temos que nos concentrar na Macedónia do Norte, que será um jogo difícil, com certeza. Se eles conseguiram vencer a Itália, isso significa que vai ser muito difícil”.

Os anfitriões fazem o trabalho duro

No Porto, o resultado final fez com que esta parecesse uma vitória confortável para Portugal e teria sido se os anfitriões tivessem capitalizado o seu domínio no início do jogo.

Um Jota esticado de alguma forma desviou o livre de Bruno Fernandes por cima do travessão à queima-roupa, antes de Portugal inaugurar o marcador aos 15 minutos.

Bernardo Silva acertou o poste com um chute rasteiro e a bola saiu pela boca do gol na direção de Otávio, que acertou de ângulo apesar dos melhores esforços do goleiro Ugurcan Cakir.

A Turquia começou então a jogar e teve meias oportunidades, com Kutlu a cabecear ao lado, antes de Portugal aumentar a vantagem.

O capitão Cristiano Ronaldo começou uma boa jogada com um belo chute e os anfitriões trabalharam bem para Otavio, que escolheu Jota e o atacante do Liverpool cabeceou para a rede.

Isso aparentemente colocou Portugal no comando, mas eles não conseguiram aumentar a vantagem quando Otavio cabeceou ao lado no segundo tempo e, contra a corrente de jogo, a Turquia respondeu.

Uma rápida jogada dos anfitriões permitiu que Yilmaz finalizasse de forma inteligente e o jogador de 36 anos teve uma grande oportunidade depois que José Fonte ter feito falta sobre Enes Unal na área, um penalti marcado depois que o árbitro ter consultado o monitor do VAR.

Mas Yilmaz recuou e rematou por cima do travessão, antes de Portugal encerrar a sua progressão nos descontos, quando Matheus Nunes finalizou de forma inteligente.

Fonte: com Agências

Choice your Language
Comments
All comments.
Comments